Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

An-Gel Sudoe

Aviso e controlo do risco de geadas de primavera na agricultura e arboricultura

Resumo

Embora o processo de alterações climáticas e aquecimento global esteja intuitivamente associado a secas, ondas de calor e incêndios florestais, também tem efeitos muito negativos na agricultura ao alterar o ciclo de desenvolvimento natural das espécies vegetais. Invernos progressivamente mais frios favorecem a floração precoce das culturas, aumentando a vulnerabilidade das plantas às geadas primaveris. As geadas não são, portanto, mais intensas do que no passado, mas afectam as culturas em fases críticas do seu desenvolvimento, causando efeitos catastróficos, com perdas até 100% em algumas árvores de fruto e vinhas. A maioria das produções agrícolas representativas do Sudoe não têm quaisquer meios para prevenir e combater este risco, e as que o fazem baseiam-se em sistemas muito intensivos em energia, caros e insustentáveis. Neste contexto, o projeto An-Gel Sudoe reúne as capacidades científicas e técnicas mais representativas da área do Sudoe para o desenvolvimento e teste de soluções inovadoras para a prevenção e adaptação ao risco de geadas, bem como um sistema de alerta precoce para os produtores. Também se concentrará na assimilação dos resultados do projeto pelos produtores, através de um sistema de apoio, e na sua transferência para as políticas públicas, através de uma série de relatórios de recomendação. Finalmente, de um ponto de vista interdisciplinar, será desenvolvida uma avaliação socioeconómica das soluções desenvolvidas em relação a alternativas pré-existentes. Os resultados esperados pela An-Gel Sudoe proporcionam uma base de conhecimentos transnacional tangível e assimilável para adaptação ao risco de geadas, aumentando a resiliência das produções representativas da área do Sudoe através de soluções sustentáveis, de baixo custo e transferíveis para outros territórios do Sudoe ou da UE.

Descrição

Embora o processo de alterações climáticas e aquecimento global esteja intuitivamente associado a secas, ondas de calor e incêndios florestais, também tem efeitos muito negativos na agricultura ao alterar o ciclo de desenvolvimento natural das espécies vegetais. Invernos progressivamente mais frios favorecem a floração precoce das culturas, aumentando a vulnerabilidade das plantas às geadas primaveris. As geadas não são, portanto, mais intensas do que no passado, mas afectam as culturas em fases críticas do seu desenvolvimento, causando efeitos catastróficos, com perdas até 100% em algumas árvores de fruto e vinhas. A maioria das produções agrícolas representativas do Sudoe não têm quaisquer meios para prevenir e combater este risco, e as que o fazem baseiam-se em sistemas muito intensivos em energia, caros e insustentáveis. Neste contexto, o projeto An-Gel Sudoe reúne as capacidades científicas e técnicas mais representativas da área do Sudoe para o desenvolvimento e teste de soluções inovadoras para a prevenção e adaptação ao risco de geadas, bem como um sistema de alerta precoce para os produtores. Também se concentrará na assimilação dos resultados do projeto pelos produtores, através de um sistema de apoio, e na sua transferência para as políticas públicas, através de uma série de relatórios de recomendação. Finalmente, de um ponto de vista interdisciplinar, será desenvolvida uma avaliação socioeconómica das soluções desenvolvidas em relação a alternativas pré-existentes. Os resultados esperados pela An-Gel Sudoe proporcionam uma base de conhecimentos transnacional tangível e assimilável para adaptação ao risco de geadas, aumentando a resiliência das produções representativas da área do Sudoe através de soluções sustentáveis, de baixo custo e transferíveis para outros territórios do Sudoe ou da UE.

Período de programação:2021-2027
Data de início:01/01/2024
Data final:31/12/2026
Estado: Em curso
Anúncio: 1ª convocatória
Prioridade: 1 - Preservar o capital natural e reforçar a adaptação às alterações climáticas no Sudoe
Objectivos específicos : OE 2.4 (...) Adaptação às alterações climáticas / Prevenção dos riscos
Custo elegível: 1.675.000,00 euros
FEDER: 1.256.250,00 euros

Beneficiários

Beneficiario Principal

Nombre del beneficiario: Association Climatologique de la Moyenne-Garonne et du Sud-Ouest

Región: France,Aquitaine (Nouvelle Aquitaine),Sainte Colombe en Bruilhois

Persona de contacto: Thomas Gardes

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

2 - chambre d'agriculture dordogne

Nombre del beneficiario: chambre d'agriculture dordogne

Región: France,Aquitaine (Nouvelle Aquitaine),PERIGUEUX Cedex 9

Persona de contacto: Nicolas Fedou

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

3 - Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária

Nombre del beneficiario: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior Agrária

Región: Portugal,Norte,Bragança

Persona de contacto: António Castro Ribeiro

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

4 - Hydrometeorological Innovative Solutions, S.L.

Nombre del beneficiario: Hydrometeorological Innovative Solutions, S.L.

Región: España,Cataluña,Barcelona

Persona de contacto: Rafael Sánchez-Diezma

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

5 - Institut de Recerca i Tecnologia Agroalimentàries, Àrea de Producció Vegetal, Programa de Fructicultura

Nombre del beneficiario: Institut de Recerca i Tecnologia Agroalimentàries, Àrea de Producció Vegetal, Programa de Fructicultura

Región: España,Cataluña,Caldes de Montbui

Persona de contacto: Miquel Peris

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

6 - Invenio

Nombre del beneficiario: Invenio

Región: France,Aquitaine (Nouvelle Aquitaine),Bordeaux

Persona de contacto: Sébastien Cavaignac

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

7 - NEIKER-Instituto Vasco de Investigación y Desarrollo Agrario, S.A., Producción Protección Vegetal

Nombre del beneficiario: NEIKER-Instituto Vasco de Investigación y Desarrollo Agrario, S.A., Producción Protección Vegetal

Región: España,País Vasco,Derio (BIZKAIA)

Persona de contacto: Ana Aizpurua

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

8 - Instituto Murciano de Investigación y Desarrollo Agrario y Medioambiental

Nombre del beneficiario: Instituto Murciano de Investigación y Desarrollo Agrario y Medioambiental

Región: España,Región de Murcia,Murcia

Persona de contacto: Manuel Erena Arrabal

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web

9 - Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões

Nombre del beneficiario: Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões

Región: Portugal,Centro,Tondela

Persona de contacto: Paula Pereira

Email: [email protected]

Este beneficiário não dispõe de um sítio Web