Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Objetivo específico proyecto 27: OE 1.1 (...) Investigação / Inovação

Piloto para a implantação do protótipo inicial do teste do sistema.

Esta primeira implantação serve de base de trabalho para testar os diferentes processos de aquisição de dados, a capacidade do modelo, a simulação de processos contaminantes, etc. Uma vez concluída a fase de protótipo, a implantação na piscina do Instituto de Termalismo da Universidade de Bordéus será o primeiro piloto.

Leer más »

Implantação do sistema de monitorização e controlo em locais reais

Após a instalação e a entrada em funcionamento do sistema de monitorização e controlo, os locais/balneários tornar-se-ão os pilotos do projeto, onde se recolherão e analisarão os dados capturados pelo sistema de controlo da qualidade da água termal. Estes pilotos permitirão avaliar a eficácia do sistema em tempo real e a sua capacidade de garantir a qualidade da água em diversos ambientes termais. Os resultados obtidos com estes piloto proporcionarão a informação necessária para a futura implementação do sistema noutros balneários do território Interreg Sudoe.

Leer más »

Acções-piloto

Serão desenvolvidas duas acções-piloto que contribuirão para o indicador de desempenho RCO84. As acções-piloto caracterizam-se pela sua natureza transfronteiriça e de cooperação entre os beneficiários e os parceiros associados do projeto e destinam-se a pôr em prática os resultados das actividades de estudo e análise científico dos GT1 e GT2. A primeira ação piloto visa estudar a transferência da aplicabilidade dos bioprodutos validados nas actividades anteriores através da incorporação industrial e comercialização dos ingredientes funcionais estabilizados desenvolvidos a partir das biomassas de resíduos agroflorestais. Será desenvolvida uma cadeia de valor entre os parceiros INGREDALIA, TAGUS VALEY e ARGAL que se baseará nos resultados do GT1 e que resultarão no ensaio e possível comercialização de novos enchidos com ingredientes biofuncionais. A segunda ação-piloto visa replicar um processo de biorrefinaria transnacional no sector agroflorestal que possa ser transferido para outras entidades do espaço de cooperação. A cadeia de valor será constituída pelos parceiros associados Alliance Forêts-Bois, Sogibois, FBS, TMAD e ENCE, que fornecerão as matérias-primas, e pelos parceiros INPT, INRAE, UVIGO, UMINHO, CETIM e BLC3 Evolution, que efectuará a transformação e reconversão. A eficácia e a viabilidade deste processo serão analisadas a fim de estudar a sua possível continuidade e replicabilidade após o final do projeto. As realizações e os resultados das acções contribuirão, por sua vez, para as estratégias transnacionais e proporcionarão aos parceiros do consórcio uma experiência prática útil para assegurar a transferência de subprodutos e processos validados.

Leer más »

Demonstrador de detecção de danos e defeitos

Demonstrador das tecnologias desenvolvidas no GT1, nomeadamente na detecção automática de danos e/ou defeitos nos produtos e materiais alvo seleccionados no GT3. Este demonstrador incluirá um sistema ou sistemas de sensores para o efeito, de acordo com as conclusões retiradas das atividades deste GT. Uma versão deste demonstrador será incluída como parte do piloto do GT2, que é o demonstrador global.

Leer más »

Demonstrador global

Demonstrador das diferentes tecnologias desenvolvidas neste GT, aplicadas a um caso específico de remanufatura ou suporte da mesma, com um determinado tipo de produto. Este demonstrador contará com pelo menos um robô, com acesso a um espaço de trabalho, e um sistema de sensores de acordo com as especificações obtidas nas atividades deste GT. Como entrada para o demonstrador, será incluído o sistema de detecção de danos e/ou defeitos desenvolvido no GT1.

Leer más »

Pilotos

Arranque de dois projetos-piloto para substituir componentes com impacto ambiental negativo por outros que permitam promover um crescimento inteligente e sustentável no espaço SUDOE. P1 Validação do processo de substituição do Cr (VI) na eletrodeposição do crómio. P2 Validação do processo de substituição do Cr (VI) na proteção de ligas leves.

Leer más »

Atividades Piloto em WSN para prevenção e detecção precoce de incêndios florestais

As campanhas descritas no GT3 representam Atividades Piloto pioneiras na aplicação de WSN à prevenção e deteção precoce de incêndios florestais, das quais importa destacar a extensão do território e a diversidade dos locais, a variedade de sensores meteorológicos e ambientais, a dimensão (número de nós) das WSN, a duração das campanhas e a participação dos serviços municipais de combate a incêndios florestais e da população local. As Atividades Piloto irão reunir o conhecimento e a experiência em incêndios florestais acumulados pelo consórcio, proporcionando novos conhecimentos, tecnologias e resultados, e permitirão tirar conclusões e lições sobre o desempenho das WSN. O consórcio irá traduzir o know-how adquirido durante as Atividades Piloto em dois GUIAS PRÁTICOS (GP) para aplicação de WSN à prevenção (GP_Prevenção) e detecção precoce (GP_Deteção) de incêndios florestais. Os GP irão servir de referência e orientação sobre como utilizar as WSN para melhorar a capacidade de antecipação e resposta dos municípios rurais e dos seus habitantes em caso de incêndios florestais. Irão Abordar aspectos como a identificação e priorização de áreas vulneráveis ao fogo adequadas para o estabelecimento de WSN, o dimensionamento e concepção de WSN, a implantação de WSN no campo, infra-estruturas sem fios, eficiência energética e de transmissão de dados, avaliação de custos, sustentabilidade e impacto ambiental, segurança física e da informação, participação dos cidadãos e outros. O ICIFOR-INIA CSIC será líder da preparação do GP no qual todo o consórcio estará envolvido. Uma versão preliminar do GP será entregue no mês 18 e a versão final no mês 34 do Projeto.

Leer más »

Demonstradores e living Labs

Implementação de 3 demonstradores de robots colaborativos em ambiente real de produção com foco em 3 sectores distintos com elevada representatividade e impacto económico no espaço SUDOE (carne, fruta e plásticos) e de 3 living labs para integração e demonstração dos resultados alcançados no âmbito do projeto ao tecido empresarial e a outras entidades que tenham interesse em implementar as soluções desenvolvidas, ou equivalentes, nos seus processos produtivos.

Leer más »

Piloto de sala de visualização 3D de sistemas biológicos.

A implementação dos pilotos de sala de visualização 3D de sistemas biológicos. serão fundamentais não apenas para desenvolver estratégias de drug repurposing, mas, muito importante, para desenvolver e implementar uma nova estratégia pedagógica onde alunos de diferentes níveis e áreas de ensino tenham contato com estruturas moleculares complexas, tais como alvos terapêuticos e sua interação com os fármacos. O sucesso deste protótipo abrirá caminho para salas de visualização semelhantes em todos os territórios SUDOE. Ao partilhar os planos de conceção, as configurações tecnológicas e as diretrizes operacionais, o projeto garantirá que os benefícios desta iniciativa sejam distribuídos por toda a região.

Leer más »

Lista de fármacos para reposicionamento.

Esta realização cumprirá o destino último do processo de drug repurposing, que é o de explorar o potencial para dar nova vida aos medicamentos existentes, assim como introduzir novas moléculas adaptadas a necessidades terapêuticas específicas. A concretização desta realização far-se-á com a disponibilização de uma lista de fármacos com potencial para avançar no processo de drug repurposing. Isto será feito reconhecendo o papel da indústria farmacêutica em levar medicamentos aos pacientes.

Leer más »