Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Acções-piloto

Resumo

Serão desenvolvidas duas acções-piloto que contribuirão para o indicador de desempenho RCO84. As acções-piloto caracterizam-se pela sua natureza transfronteiriça e de cooperação entre os beneficiários e os parceiros associados do projeto e destinam-se a pôr em prática os resultados das actividades de estudo e análise científico dos GT1 e GT2. A primeira ação piloto visa estudar a transferência da aplicabilidade dos bioprodutos validados nas actividades anteriores através da incorporação industrial e comercialização dos ingredientes funcionais estabilizados desenvolvidos a partir das biomassas de resíduos agroflorestais. Será desenvolvida uma cadeia de valor entre os parceiros INGREDALIA, TAGUS VALEY e ARGAL que se baseará nos resultados do GT1 e que resultarão no ensaio e possível comercialização de novos enchidos com ingredientes biofuncionais. A segunda ação-piloto visa replicar um processo de biorrefinaria transnacional no sector agroflorestal que possa ser transferido para outras entidades do espaço de cooperação. A cadeia de valor será constituída pelos parceiros associados Alliance Forêts-Bois, Sogibois, FBS, TMAD e ENCE, que fornecerão as matérias-primas, e pelos parceiros INPT, INRAE, UVIGO, UMINHO, CETIM e BLC3 Evolution, que efectuará a transformação e reconversão. A eficácia e a viabilidade deste processo serão analisadas a fim de estudar a sua possível continuidade e replicabilidade após o final do projeto. As realizações e os resultados das acções contribuirão, por sua vez, para as estratégias transnacionais e proporcionarão aos parceiros do consórcio uma experiência prática útil para assegurar a transferência de subprodutos e processos validados.

Descrição

Serão desenvolvidas duas acções-piloto que contribuirão para o indicador de desempenho RCO84. As acções-piloto caracterizam-se pela sua natureza transfronteiriça e de cooperação entre os beneficiários e os parceiros associados do projeto e destinam-se a pôr em prática os resultados das actividades de estudo e análise científico dos GT1 e GT2. A primeira ação piloto visa estudar a transferência da aplicabilidade dos bioprodutos validados nas actividades anteriores através da incorporação industrial e comercialização dos ingredientes funcionais estabilizados desenvolvidos a partir das biomassas de resíduos agroflorestais. Será desenvolvida uma cadeia de valor entre os parceiros INGREDALIA, TAGUS VALEY e ARGAL que se baseará nos resultados do GT1 e que resultarão no ensaio e possível comercialização de novos enchidos com ingredientes biofuncionais. A segunda ação-piloto visa replicar um processo de biorrefinaria transnacional no sector agroflorestal que possa ser transferido para outras entidades do espaço de cooperação. A cadeia de valor será constituída pelos parceiros associados Alliance Forêts-Bois, Sogibois, FBS, TMAD e ENCE, que fornecerão as matérias-primas, e pelos parceiros INPT, INRAE, UVIGO, UMINHO, CETIM e BLC3 Evolution, que efectuará a transformação e reconversão. A eficácia e a viabilidade deste processo serão analisadas a fim de estudar a sua possível continuidade e replicabilidade após o final do projeto. As realizações e os resultados das acções contribuirão, por sua vez, para as estratégias transnacionais e proporcionarão aos parceiros do consórcio uma experiência prática útil para assegurar a transferência de subprodutos e processos validados.

Periodo: 2021-2027
Estado: Em curso
Convocatoria : 1ª convocatória
Proyecto: NEWPOWER
Prioridade: 2 - Promover a coesão social e o equilíbrio territorial e demográfico no Sudoe através da inovação e transformação dos sectores produtivos
Objetivo: OE 1.1 (...) Investigação / Inovação