Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Piloto no Noroeste Peninsular (Espanha e Portugal)

Resumo

Na zona transfronteiriça de Arribes e Alto Douro, serão aplicadas medidas de SBN para melhorar a IV nas vinhas das Bodegas Pascual Fernandez, em Fermoselle (Zamora), e da Bodega Duorum, em Foz Côa, e áreas circundantes. Estas zonas enfrentam desafios como: - Fragmentação das parcelas, relevo acidentado e custos de cultivo elevados. - Solos com pouca matéria orgânica e fertilidade irregular. - Falta de diversidade de culturas e aumento do stress hídrico. - Verões cada vez mais quentes e secos. - Risco de erosão nas encostas. - Escassez de água e competição hídrica. - Aumento da erosão devido a fenómenos meteorológicos extremos. - Solos com pouca matéria orgânica. - Risco de incêndios e despovoamento/desertificação. Em ambas as regiões, o projeto visa dar resposta aos desafios agrícolas e ambientais, promovendo simultaneamente a conservação da biodiversidade e do património cultural e contribuindo para a resiliência às alterações climáticas. Na zona de Mariñas - Betanzos, os trabalhos serão realizados em parcelas de terreno pertencentes à adega Pagos de Brigante na zona de ação, os desafios estão relacionados com - Pequenas explorações agrícolas e vinícolas, com a atividade no limite da rentabilidade. - Numerosas vinhas abandonadas nas últimas décadas. - Plantação de espécies arbóreas (eucalipto) em vinhas abandonadas. - Difícil abastecimento de uvas locais. - Danos recorrentes à cultura causados por animais selvagens devido ao abandono das explorações agrícolas próximas das vinhas. Este projeto-piloto visa capitalizar as lições aprendidas com o projeto-piloto 1 em França para implementar SBN e aumentar os SE. Em todos estes domínios, o projeto visa dar resposta aos desafios agrícolas e ambientais, promovendo simultaneamente a biodiversidade e a conservação do património natural e cultural, contribuindo para a resiliência às alterações climáticas e para travar o despovoamento.

Descrição

Na zona transfronteiriça de Arribes e Alto Douro, serão aplicadas medidas de SBN para melhorar a IV nas vinhas das Bodegas Pascual Fernandez, em Fermoselle (Zamora), e da Bodega Duorum, em Foz Côa, e áreas circundantes. Estas zonas enfrentam desafios como: – Fragmentação das parcelas, relevo acidentado e custos de cultivo elevados. – Solos com pouca matéria orgânica e fertilidade irregular. – Falta de diversidade de culturas e aumento do stress hídrico. – Verões cada vez mais quentes e secos. – Risco de erosão nas encostas. – Escassez de água e competição hídrica. – Aumento da erosão devido a fenómenos meteorológicos extremos. – Solos com pouca matéria orgânica. – Risco de incêndios e despovoamento/desertificação. Em ambas as regiões, o projeto visa dar resposta aos desafios agrícolas e ambientais, promovendo simultaneamente a conservação da biodiversidade e do património cultural e contribuindo para a resiliência às alterações climáticas. Na zona de Mariñas – Betanzos, os trabalhos serão realizados em parcelas de terreno pertencentes à adega Pagos de Brigante na zona de ação, os desafios estão relacionados com – Pequenas explorações agrícolas e vinícolas, com a atividade no limite da rentabilidade. – Numerosas vinhas abandonadas nas últimas décadas. – Plantação de espécies arbóreas (eucalipto) em vinhas abandonadas. – Difícil abastecimento de uvas locais. – Danos recorrentes à cultura causados por animais selvagens devido ao abandono das explorações agrícolas próximas das vinhas. Este projeto-piloto visa capitalizar as lições aprendidas com o projeto-piloto 1 em França para implementar SBN e aumentar os SE. Em todos estes domínios, o projeto visa dar resposta aos desafios agrícolas e ambientais, promovendo simultaneamente a biodiversidade e a conservação do património natural e cultural, contribuindo para a resiliência às alterações climáticas e para travar o despovoamento.

Periodo: 2021-2027
Estado: Em curso
Convocatoria : 1ª convocatória
Proyecto: ECOSPHEREWINES
Prioridade: 1 - Preservar o capital natural e reforçar a adaptação às alterações climáticas no Sudoe
Objetivo: OE 2.7 (...) Proteção e preservação da natureza / biodiversidade / infraestruturas verdes