Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

BIOMIC

Bioindicadores microbianos e tróficos do estado ecológico do ecossistema da zona costeira SUDOE

Eixo 1: Investigação e inovação
OBJETIVO 1B2 :
Desenvolver a divulgação da investigação aplicada relacionada com as tecnologias facilitadoras essenciais
ESTADO: En curso
CÓDIGO: SOE4/P1/F0993
CUSTO TOTAL ELEGÍVEL (€)
1.399.702,00 €
AJUDA FEDER (€)
1.049.776,50 €
Cristiana Cravo-Laureau

GESTOR DE PROJETO

SETORES: Gestão integrada dos recursos e espaços naturais
CHAMADA: Cuarta
DURAÇÃO:
1 Novembro, 2020
28 Fevereiro, 2023
RESULTADOS: 2023-11-28
BENEFICIÁRIO PRIMÁRIO:
Université de Pau et des Pays de l'Adour Institut des Sciences-Analytiques et de Physico-Chimie pour l'Environnement et les Matériaux Equipe Environnement et Microbiologie (FR)
OUTROS BENEFICIÁRIOS:
  • 2. Université de La Rochelle Faculté des Sciences et Technologies LIttoral ENvironnement et Sociétés (LIENSs) (FR)
  • 3. Universitat de les Illes Balears Facultad de Ciencias Departamento de Biología (ES)
  • 4. Universidade do Porto. Faculdade de Ciências (PT)
  • 5. PARALAB SA Equipamentos Industriais e de Laboratório (PT)
  • 6. FUNDACION PÚBLICA ANDALUZA CENTRO DE LAS NUEVAS TECNOLOGIAS DEL AGUA Dirección de Servicios Tecnológicos (ES)
  • 7. Aquitaine Science Transfert (FR)
  • 8. Union des marais de la Charente Maritime (FR)
  • 9. Laboratoires des Pyrénées et des Landes (FR)
  • 10. Mancomunidad de Municipios Sostenibles de Cantabria (ES)
  • 11. DIPUTACIÓN PROVINCIAL DE HUELVA (ES)

A fim de definir e desenvolver estratégias para a gestão e preservação dos ambientes costeiros e da biodiversidade, é essencial a utilização de ferramentas para identificar as alavancas certas de intervenção. Face às alterações climáticas, que modificam os equilíbrios e escolhas de gestão, a necessidade de instrumentos de apoio à decisão baseados no ecossistema torna-se ainda mais importante. BIOMIC visa responder a esta necessidade desenvolvendo um kit de bioindicadores microbianos e tróficos para determinar o estado ecológico das zonas costeiras no SUDOE. Para tal, BIOMIC baseia-se em abordagens de experimentação e demonstração de estratégias para a utilização de ferramentas de diagnóstico. Os métodos tradicionais de gestão e reabilitação da zona costeira resolveram problemas a nível local, mas podem conduzir a problemas ecológicos. As ferramentas dos atuais indicadores das zonas costeiras limitam-se a uma caracterização da fauna e da flora. O BIOMIC pretende proporcionar indicadores específicos do meio aquático. O projeto vai permitir avaliar e desenvolver noutros dois países a transferibilidade de uma ferramenta de indicadores tróficos já implantada com êxito em França. A ferramenta será completada com o desenvolvimento de bioindicadores microbianos, em conformidade com a representatividade e variedade das zonas costeiras e retro litorais do SUDOE. O projeto baseia-se na cooperação entre a comunidade científica, as instituições públicas que influenciam as políticas de gestão de riscos, o setor privado e de transferência de tecnologia. Esta cooperação irá contribuir para a elaboração de uma estratégia conjunta à escala SUDOE, cujo fim consiste em ações para a proteção e gestão das zonas costeiras e da biodiversidade. A implicação dos parceiros do projeto vai permitir a implementação e apropriação da ferramenta nos diferentes territórios, bem como a sua transferência para os atores alvo identificados durante o projeto em colaboração com as instituições nacionais, garantindo assim a sustentabilidade da ferramenta de gestão do BIOMIC.

REGIÕES PARTICIPANTES