Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

VINOVERT

Vinhos, competitividade, políticas ambientais e sanitárias das empresas da zona SUDOE – acompanhamento da aplicação de metodologias

Eixo 2: Competitividade das PME
OBJETIVO 3B1 :
Melhoria e aumento das possibilidades de internacionalização das PME
ESTADO: Terminado
CÓDIGO: SOE1/P2/F0246
CUSTO TOTAL ELEGÍVEL (€)
1.666.683,38
AJUDA FEDER (€)
1.235.012,54
Eric Giraud-Heraud

GESTOR DE PROJETO

SETORES: Agroindústria e indústria madeireira
CHAMADA: Primera
DURAÇÃO:
1 Julho, 2016
30 Junho, 2019
RESULTADOS: 0000-00-00
BENEFICIÁRIO PRIMÁRIO:
Université de Bordeaux. Institut des Sciences de la Vigne et du Vin. (FR)
OUTROS BENEFICIÁRIOS:

2. Viticultores Martin Codax, S Coop Galega. ES
3. Associação para o Desenvolvimento da Viticultura Duriense. PT
4. Institut de Recerca i Tecnología Agroalimentàries. Departemento de Horticultura Ambiental. ES
5. Ecofiltra - Sociedade de Representações, Unipessoal, Lda. PT
6. Institut National de la Recherche Agronomique. Centre de Recherche de Montpellier. Unidad INRA de Pech Rouge. FR
7. GlobalWines S.A. PT
8. Universidade de Santiago de Compostela. Instituto de Investigación y Análisis Alimentarios. ES
9. Adega Cooperativa de Palmela, CRL. ES
10. Institut National de la Recherche Agronomique. Centre Bordeaux Aquitaine. Unité Santé et agroécologie du vignoble. FR
11. Instituto Superior de Agronomia. PT
12. Les Vignerons de Buzet. FR
13. Fundació Centre de Recerca en Economia i Desenvolupament Agroalimentari UPC-IRTA. Departamento economia agroalimentaria. ES
14. Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, I.P. PT
15. Les Vignerons de Tutiac - Société Coopérative Vinicole. FR
16. Adriano Ramos Pinto Vinhos SA. PT

O objetivo de VINOVERT é assegurar a competitividade a longo prazo das empresas do sector vitivinícola do sudoeste da Europa, adaptando-o a um novo tipo de procura de vinhos considerados mais “limpos” do ponto de vista sanitário e ambiental. O projeto criará vinhos experimentais a partir de variedades de uva resistentes às epidemias, analisando os seus custos de produção e a quantidade de resíduos de pesticidas em comparação com as variedades tradicionais. As soluções analisadas abrangerão o processo completo, da vinha ao copo, e procurarão a viabilidade técnico-económica baseada nas avaliações da procura em Espanha, França e Portugal que serão submetidas à opinião dos consumidores.

Tradução em curso. Resultados disponíveis em espanhol, francês e inglês.