Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Metodologia para a identificação de problemas industriais/territoriais para a emergência de soluções

Resumen

A metodologia será construída com os clusters e incubadoras do projeto SCAIRA e será validada pelas autoridades públicas. A metodologia será detalhada nas seguintes etapas: o mapeamento dos ecossistemas locais, a criação da base de dados, a organização de auditorias e análises externas, a organização de workshops locais, a descrição do método de Design Thinking e do questionário utilizado, a organização da sessão final, bem como a integração do feedback dos colaboradores e das autoridades públicas em termos da metodologia e da relevância dos desafios identificados. Em segundo lugar, a metodologia para a emergência de soluções também será realizada com as incubadoras e o CTA. Esta metodologia retomará os conceitos do Desafio de Inovação Sustentável "Convergência" desenvolvido pelo IMT Albi e otimizá-lo-á para responder aos objetivos transnacionais do SCAIRA. Esta metodologia será testada durante o GT1 pelas 5 incubadoras dos sectores aeronáutico e automóvel. Foi definido um objetivo de 6 desafios industriais e territoriais a identificar utilizando a metodologia desenvolvida, bem como a realização de 2 eventos de emergência, um em 2024 e outro em 2025. Estes 2 eventos serão Hackathons organizados de forma híbrida com um evento organizado presencialmente numa das incubadoras espanholas, portuguesas e francesas. Na prática, serão organizados 3 eventos na mesma data em 2024 nas instalações do HIESE (Portugal), CEEIM (Espanha) e IMT Albi (França) com apresentações ao vivo e agenda comum. Para 2025, será organizado nas instalações do HIESE (Portugal), FUNDECYT (Espanha) e CARO (França).

Descripción

A metodologia será construída com os clusters e incubadoras do projeto SCAIRA e será validada pelas autoridades públicas. A metodologia será detalhada nas seguintes etapas: o mapeamento dos ecossistemas locais, a criação da base de dados, a organização de auditorias e análises externas, a organização de workshops locais, a descrição do método de Design Thinking e do questionário utilizado, a organização da sessão final, bem como a integração do feedback dos colaboradores e das autoridades públicas em termos da metodologia e da relevância dos desafios identificados. Em segundo lugar, a metodologia para a emergência de soluções também será realizada com as incubadoras e o CTA. Esta metodologia retomará os conceitos do Desafio de Inovação Sustentável “Convergência” desenvolvido pelo IMT Albi e otimizá-lo-á para responder aos objetivos transnacionais do SCAIRA. Esta metodologia será testada durante o GT1 pelas 5 incubadoras dos sectores aeronáutico e automóvel. Foi definido um objetivo de 6 desafios industriais e territoriais a identificar utilizando a metodologia desenvolvida, bem como a realização de 2 eventos de emergência, um em 2024 e outro em 2025. Estes 2 eventos serão Hackathons organizados de forma híbrida com um evento organizado presencialmente numa das incubadoras espanholas, portuguesas e francesas. Na prática, serão organizados 3 eventos na mesma data em 2024 nas instalações do HIESE (Portugal), CEEIM (Espanha) e IMT Albi (França) com apresentações ao vivo e agenda comum. Para 2025, será organizado nas instalações do HIESE (Portugal), FUNDECYT (Espanha) e CARO (França).

Periodo: 2021-2027
Estado: Em curso
Convocatoria : 1ª convocatória
Proyecto: SCAIRA
Prioridad : 2 - Promover a coesão social e o equilíbrio territorial e demográfico no Sudoe através da inovação e transformação dos sectores produtivos
Objetivo: OE 1.4 (...) Especialização inteligente / Transição industrial / Empreendedorismo