Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Mecanismos inclusivos para a valorização do património paisagístico cultural das montanhas

Resumo

Ação-piloto articulada em 5 janelas de análise que constituem um transecto territorial através de diferentes paisagens de montanha do Sudoe, com características geográficas e patrimoniais diversas. A ação-piloto permite propor e testar diferentes propostas metodológicas de valorização, bem como dispositivos de digitalização do património e/ou de virtualização do mesmo através de modelos 3D. As janelas-piloto trabalham sobre questões complementares e realizam ações demonstrativas cooperativas destinadas a avaliar as melhores soluções para cada tipo de paisagem e de património. As soluções de sinalização física são comparadas com fórmulas virtuais, ainda pouco difundidas, mas que permitem analisar metodologias não invasivas para a patrimonialização das paisagens culturais. Um aspeto importante também abordado por esta ação-piloto é a incorporação de dispositivos tecnológicos e suportes museográficos inclusivos, que permitem tornar todo o património valorizado acessível a toda a sociedade, especialmente às pessoas com deficiência, que normalmente se encontram sem as ferramentas para desfrutar do património cultural em igualdade de condições, especialmente se for ao ar livre e não num museu. A ação-piloto não só testará as ferramentas mais adequadas para a valorização do património, como também visa avaliar o impacto da existência destes recursos inclusivos em grupos com cegueira ou deficiência visual quando realizam actividades de descoberta da paisagem, que percebemos principalmente pela visão.

Descrição

Ação-piloto articulada em 5 janelas de análise que constituem um transecto territorial através de diferentes paisagens de montanha do Sudoe, com características geográficas e patrimoniais diversas. A ação-piloto permite propor e testar diferentes propostas metodológicas de valorização, bem como dispositivos de digitalização do património e/ou de virtualização do mesmo através de modelos 3D. As janelas-piloto trabalham sobre questões complementares e realizam ações demonstrativas cooperativas destinadas a avaliar as melhores soluções para cada tipo de paisagem e de património. As soluções de sinalização física são comparadas com fórmulas virtuais, ainda pouco difundidas, mas que permitem analisar metodologias não invasivas para a patrimonialização das paisagens culturais. Um aspeto importante também abordado por esta ação-piloto é a incorporação de dispositivos tecnológicos e suportes museográficos inclusivos, que permitem tornar todo o património valorizado acessível a toda a sociedade, especialmente às pessoas com deficiência, que normalmente se encontram sem as ferramentas para desfrutar do património cultural em igualdade de condições, especialmente se for ao ar livre e não num museu. A ação-piloto não só testará as ferramentas mais adequadas para a valorização do património, como também visa avaliar o impacto da existência destes recursos inclusivos em grupos com cegueira ou deficiência visual quando realizam actividades de descoberta da paisagem, que percebemos principalmente pela visão.

Periodo: 2021-2027
Estado: Em curso
Convocatoria : 1ª convocatória
Proyecto: Cultur-Monts
Prioridade: 3 - Promover a coesão social e o equilíbrio territorial e demográfico no Sudoe através da inovação social, valorização do património e serviços
Objetivo: OE 4.6 (...) Cultura/Turismo Sustentável