Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Convocatoria proyecto 27: 1ª convocatória

Piloto empresarial y tecnológico

En Francia, se implementará una solución industrial global para el reciclaje de residuos textiles basada en la tecnología WASTEX y en la asociación con COLEO. Este piloto cuenta con la capacidad industrial y organizativa de los miembros de RECYCL’Occ Textile. En Portugal, Texteis Penedo y CITEVE desarrollarán nuevas fibras a partir de residuo textil. El piloto en Portugal procesará residuos textiles de TEXTEIS PENEDO y residuos agroindustriales locales en una formulación de base biológica empleada para recubrir hilos, utilizando una tecnología patentada de PP8 de tejido Jacquard, para desarrollar estructuras textiles para aplicaciones textiles en el hogar. En España, COLEO capacitará a socios de Francia, España y Portugal en tecnología de clasificación de residuo textil posconsumo. Se analizarán los flujos de residuo que llegan a las plantas de procesamiento para caracterizar la tipología de residuo y establecer prioridades conjuntas de recuperación y valorización.

Leer más »

Gémeos digitais de parcelas de regadio na Catalunha, Andaluzia, Múrcia, Nova Aquitânia e Alentejo

O objetivo desta ação-piloto é desenvolver “gémeos digitais” de sistemas de cultivo e de irrigação para diversas parcelas-piloto espalhadas pelo SUDOE. A metodologia terá sido desenvolvida conjuntamente e normalizada no âmbito do CESAP, sob a coordenação da UCO. O seu objetivo é criar “gémeos digitais” (JM) para as parcelas-piloto nas regiões da Catalunha, Andaluzia, Múrcia, Nova Aquitânia e Alentejo, nas explorações de agricultores de regadio voluntários. A implementação desta ação permitirá aos agricultores de regadio planear e gerir melhor a sua água de irrigação graças a esta ferramenta de tomada de decisão, bem como através do intercâmbio de experiências com outros agricultores do SUDOE. A ação será avaliada conjuntamente no âmbito do CESAP, com base nas reações dos agricultores sobre a utilização destas tecnologias. Esta avaliação permitirá adaptar eventualmente a solução para a sua integração na Estratégia SGW, bem como facilitar a sua transferência para outras regiões do SUDOE. A avaliação permitirá igualmente dar feedback aos fornecedores deste tipo de serviços e a todas as empresas de assistência técnica. O objetivo será aperfeiçoar a ferramenta e incentivar a sua aplicação noutras explorações, incluindo as pequenas e médias explorações, alvo prioritário do projeto SGW.

Leer más »

Catálogo de acciones piloto para la conservación y la resiliencia de los bosques

El objetivo de este catálogo es presentar de forma sintética y operativa las acciones piloto que están actualmente experimentando nuevas soluciones para conservar los recursos forestales, preservar y reforzar la resiliencia de los bosques. Las acciones piloto que se llevarán a cabo en los territorios (ya se prevé la realización de 15 sitios piloto) incluirán tres tipos de soluciones: 1/ Plantar nuevas especies y procedencias para probar su resistencia en los bosques a largo plazo. Esto debe ayudar a los entornos a enfrentarse mejor a las distintas amenazas. 2/ Adopción de acciones silvícolas específicas para promover la adaptación y la resiliencia de los bosques y el mantenimiento de los servicios ecosistémicos asociados. El objetivo es mejorar, preservar o restaurar la cubierta forestal, por ejemplo, enriqueciendo las masas, lo que favorece la mezcla de especies. 3/ Implementar acciones de conservación del patrimonio genético forestal. Estas acciones pretenden responder a retos locales importantes. La gran variedad de situaciones forestales (objetivo principal de las masas, composición en especies, edad de las masas, etc.) y de condiciones pedoclimáticas encontradas debe permitir una buena representatividad de los contextos forestales del suroeste de Europa. Las técnicas utilizadas, los recursos movilizados y los resultados de las acciones piloto serán explotados y transferidos 1) en el seno del partenariado, 2) a otras instituciones y actores locales, regionales y nacionales y 3) a otros territorios de la UE a través de las redes europeas de socios y asociados para facilitar su apropiación. Este catálogo se integrará en la base de metadatos (ACT2.1) e ilustrará algunas de las recomendaciones operativas de la Estrategia Transnacional (logro del GT1).

Leer más »

Estratégia de gestão da água na Catalunha, Andaluzia e Alentejo, e Nova Aquitânia

Esta ação-piloto visa desenvolver estratégias de gestão da água em situações de escassez através da utilização de tecnologias digitais. A metodologia terá sido desenvolvida conjuntamente e normalizada no âmbito do CESAP, sob a coordenação do IRTA. Será implementado com comunidades de agricultores de regadio nas regiões da Andaluzia, Catalunha e Alentejo e numa sub-bacia hidrográfica na Nova Aquitânia (Adour e Dordogne). Os principais resultados esperados são a implementação de estratégias de gestão da água em situações de escassez, utilizando um método que pode servir de referência para outros agentes do SUDOE. Favorecerá a adoção de boas práticas e o aperfeiçoamento da governação na gestão coletiva dos recursos hídricos. A ação será avaliada conjuntamente no âmbito do CESAP, com base nas reações das partes interessadas envolvidas na elaboração das estratégias. Esta avaliação permitirá adaptar eventualmente a solução para a sua integração na Estratégia SGW, bem como facilitar a sua transferência para outras regiões do SUDOE.

Leer más »

Piloto de sala de visualización 3D de sistemas biológicos.

La implementación de los prototipos de salas de visualización 3D de sistemas biológicos será esencial no solo para desarrollar estrategias de reposicionamiento de fármacos, sino también, y lo que es muy importante, para desarrollar e implementar una nueva estrategia pedagógica. Esta estrategia permitirá que estudiantes de diferentes niveles y áreas de estudio entren en contacto con estructuras moleculares complejas, como los objetivos terapéuticos y su interacción con los medicamentos.

Leer más »

Piloto no Noroeste Peninsular (Espanha e Portugal)

Na zona transfronteiriça de Arribes e Alto Douro, serão aplicadas medidas de SBN para melhorar a IV nas vinhas das Bodegas Pascual Fernandez, em Fermoselle (Zamora), e da Bodega Duorum, em Foz Côa, e áreas circundantes. Estas zonas enfrentam desafios como: – Fragmentação das parcelas, relevo acidentado e custos de cultivo elevados. – Solos com pouca matéria orgânica e fertilidade irregular. – Falta de diversidade de culturas e aumento do stress hídrico. – Verões cada vez mais quentes e secos. – Risco de erosão nas encostas. – Escassez de água e competição hídrica. – Aumento da erosão devido a fenómenos meteorológicos extremos. – Solos com pouca matéria orgânica. – Risco de incêndios e despovoamento/desertificação. Em ambas as regiões, o projeto visa dar resposta aos desafios agrícolas e ambientais, promovendo simultaneamente a conservação da biodiversidade e do património cultural e contribuindo para a resiliência às alterações climáticas. Na zona de Mariñas – Betanzos, os trabalhos serão realizados em parcelas de terreno pertencentes à adega Pagos de Brigante na zona de ação, os desafios estão relacionados com – Pequenas explorações agrícolas e vinícolas, com a atividade no limite da rentabilidade. – Numerosas vinhas abandonadas nas últimas décadas. – Plantação de espécies arbóreas (eucalipto) em vinhas abandonadas. – Difícil abastecimento de uvas locais. – Danos recorrentes à cultura causados por animais selvagens devido ao abandono das explorações agrícolas próximas das vinhas. Este projeto-piloto visa capitalizar as lições aprendidas com o projeto-piloto 1 em França para implementar SBN e aumentar os SE. Em todos estes domínios, o projeto visa dar resposta aos desafios agrícolas e ambientais, promovendo simultaneamente a biodiversidade e a conservação do património natural e cultural, contribuindo para a resiliência às alterações climáticas e para travar o despovoamento.

Leer más »

Método de caraterização e avaliação das soluções digitais existentes no mercado

O objetivo desta ação-piloto visa a elaboração conjunta de um método e, em seguida, a caraterização das soluções digitais existentes no mercado (sensores, teledeteção, telecomando, software de irrigação). A metodologia e a avaliação das soluções digitais terão sido desenvolvidas conjuntamente e normalizadas no âmbito do CESAP, sob a coordenação da UPA. A elaboração do método será enriquecida pela participação dos diferentes agentes envolvidos no projeto e pelos resultados de outras atividades do projeto: A realização desta ação traduzir-se-á em recomendações aos técnicos do sector da irrigação do SUDOE para a escolha de soluções entre a gama de produtos existentes. Permitirá também identificar as lacunas no repertório de tecnologias disponíveis e formular recomendações aos desenvolvedores de soluções sobre as lacunas na oferta atual e as oportunidades de melhoramento. Tudo isto será disponibilizado na plataforma SGW, que constituirá igualmente um fórum de intercâmbio entre agricultores (utilizadores de tecnologias), empresas (fornecedores) e centros tecnológicos ou universidades (formadores – avaliadores). Permitirá aos agricultores de todo o SUDOE partilhar com os seus pares os seus conhecimentos sobre determinadas ferramentas e permitirá às empresas e aos formadores conhecer melhor as necessidades dos utilizadores e melhorar as soluções propostas.

Leer más »

Lista de fármacos para reposicionamiento.

Este logro cumplirá el propósito último del proceso de reposicionamiento de fármacos, que es explorar el potencial para dar una nueva vida a los medicamentos existentes, así como introducir nuevas moléculas adaptadas a necesidades terapéuticas específicas. La materialización de esta realización se hará mediante la disponibilidad de una lista de fármacos con potencial para avanzar en el proceso de reposicionamiento de fármacos. Esto se hará reconociendo el papel de la industria farmacéutica en llevar medicamentos a los pacientes.

Leer más »

Ações-piloto

A execução das 3 ações-piloto contribui para o indicador de execução do programa RCO84. A ação-piloto 1 consistirá na criação e implementação de uma comunidade energética na cidade de Bembibre, onde também será estudada a aplicação dos resultados das ações-piloto 2 e 3, a fim de reproduzir um sistema de mobilidade sustentável baseado no hidrogénio verde como motor e de tirar partido dos eventuais excedentes de distribuição de gás natural. A Ação 2 integrará um sistema de autoconsumo e testará um sistema de bicicletas a hidrogénio a ser testado em Bembibre e Portalegre. A ação 3 criará um laboratório de demonstração no qual serão efetuadas simulações de aplicação para adotar soluções para casos reais: reconversão do tráfego, distribuição de gás natural, modernização do transporte agrícola, etc.

Leer más »