Procurar
Close this search box.

eSudoe
2021-2027

Prioridad proyecto 27: 2 - Promover a coesão social e o equilíbrio territorial e demográfico no Sudoe através da inovação e transformação dos sectores produtivos

Método de caraterização e avaliação das soluções digitais existentes no mercado

O objetivo desta ação-piloto visa a elaboração conjunta de um método e, em seguida, a caraterização das soluções digitais existentes no mercado (sensores, teledeteção, telecomando, software de irrigação). A metodologia e a avaliação das soluções digitais terão sido desenvolvidas conjuntamente e normalizadas no âmbito do CESAP, sob a coordenação da UPA. A elaboração do método será enriquecida pela participação dos diferentes agentes envolvidos no projeto e pelos resultados de outras atividades do projeto: A realização desta ação traduzir-se-á em recomendações aos técnicos do sector da irrigação do SUDOE para a escolha de soluções entre a gama de produtos existentes. Permitirá também identificar as lacunas no repertório de tecnologias disponíveis e formular recomendações aos desenvolvedores de soluções sobre as lacunas na oferta atual e as oportunidades de melhoramento. Tudo isto será disponibilizado na plataforma SGW, que constituirá igualmente um fórum de intercâmbio entre agricultores (utilizadores de tecnologias), empresas (fornecedores) e centros tecnológicos ou universidades (formadores – avaliadores). Permitirá aos agricultores de todo o SUDOE partilhar com os seus pares os seus conhecimentos sobre determinadas ferramentas e permitirá às empresas e aos formadores conhecer melhor as necessidades dos utilizadores e melhorar as soluções propostas.

Leer más »

Método de cálculo da pegada de Carbono e Hídrica das empresas

MODACC apoiará e orientará um total de 15 empresas no cálculo da pegada de carbono e de água na produção de produtos têxteis. Serão desenvolvidas boas práticas e recomendações para a sua redução efetiva, adaptando-se assim às obrigações que vai sair da diretiva europeia para o eco design.

Leer más »

Piloto de gamificação

Este piloto terá por alvo a comunidade educativa e contemplará um programa de gamificação nas escolas que induza a mudança de mentalidade nos mais pequenos. O programa envolverá 50 escolas durante 4-6 semanas. Serão organizadas recolha de roupas com ajuda dos municípios e gestores de resíduos têxteis. Serão também realizadas oficinas práticas de restauro e reciclagem e os alunos irão utilizar roupas descartas pelas suas famílias e do ambiente social envolvente.

Leer más »

Demonstradores e living Labs

Implementação de 3 demonstradores de robots colaborativos em ambiente real de produção com foco em 3 sectores distintos com elevada representatividade e impacto económico no espaço SUDOE (carne, fruta e plásticos) e de 3 living labs para integração e demonstração dos resultados alcançados no âmbito do projeto ao tecido empresarial e a outras entidades que tenham interesse em implementar as soluções desenvolvidas, ou equivalentes, nos seus processos produtivos.

Leer más »

Piloto para a implantação do protótipo inicial do teste do sistema.

Esta primeira implantação serve de base de trabalho para testar os diferentes processos de aquisição de dados, a capacidade do modelo, a simulação de processos contaminantes, etc. Uma vez concluída a fase de protótipo, a implantação na piscina do Instituto de Termalismo da Universidade de Bordéus será o primeiro piloto.

Leer más »

Implantação do sistema de monitorização e controlo em locais reais

Após a instalação e a entrada em funcionamento do sistema de monitorização e controlo, os locais/balneários tornar-se-ão os pilotos do projeto, onde se recolherão e analisarão os dados capturados pelo sistema de controlo da qualidade da água termal. Estes pilotos permitirão avaliar a eficácia do sistema em tempo real e a sua capacidade de garantir a qualidade da água em diversos ambientes termais. Os resultados obtidos com estes piloto proporcionarão a informação necessária para a futura implementação do sistema noutros balneários do território Interreg Sudoe.

Leer más »

Acções-piloto

Serão desenvolvidas duas acções-piloto que contribuirão para o indicador de desempenho RCO84. As acções-piloto caracterizam-se pela sua natureza transfronteiriça e de cooperação entre os beneficiários e os parceiros associados do projeto e destinam-se a pôr em prática os resultados das actividades de estudo e análise científico dos GT1 e GT2. A primeira ação piloto visa estudar a transferência da aplicabilidade dos bioprodutos validados nas actividades anteriores através da incorporação industrial e comercialização dos ingredientes funcionais estabilizados desenvolvidos a partir das biomassas de resíduos agroflorestais. Será desenvolvida uma cadeia de valor entre os parceiros INGREDALIA, TAGUS VALEY e ARGAL que se baseará nos resultados do GT1 e que resultarão no ensaio e possível comercialização de novos enchidos com ingredientes biofuncionais. A segunda ação-piloto visa replicar um processo de biorrefinaria transnacional no sector agroflorestal que possa ser transferido para outras entidades do espaço de cooperação. A cadeia de valor será constituída pelos parceiros associados Alliance Forêts-Bois, Sogibois, FBS, TMAD e ENCE, que fornecerão as matérias-primas, e pelos parceiros INPT, INRAE, UVIGO, UMINHO, CETIM e BLC3 Evolution, que efectuará a transformação e reconversão. A eficácia e a viabilidade deste processo serão analisadas a fim de estudar a sua possível continuidade e replicabilidade após o final do projeto. As realizações e os resultados das acções contribuirão, por sua vez, para as estratégias transnacionais e proporcionarão aos parceiros do consórcio uma experiência prática útil para assegurar a transferência de subprodutos e processos validados.

Leer más »

Demonstrador de detecção de danos e defeitos

Demonstrador das tecnologias desenvolvidas no GT1, nomeadamente na detecção automática de danos e/ou defeitos nos produtos e materiais alvo seleccionados no GT3. Este demonstrador incluirá um sistema ou sistemas de sensores para o efeito, de acordo com as conclusões retiradas das atividades deste GT. Uma versão deste demonstrador será incluída como parte do piloto do GT2, que é o demonstrador global.

Leer más »

Demonstrador global

Demonstrador das diferentes tecnologias desenvolvidas neste GT, aplicadas a um caso específico de remanufatura ou suporte da mesma, com um determinado tipo de produto. Este demonstrador contará com pelo menos um robô, com acesso a um espaço de trabalho, e um sistema de sensores de acordo com as especificações obtidas nas atividades deste GT. Como entrada para o demonstrador, será incluído o sistema de detecção de danos e/ou defeitos desenvolvido no GT1.

Leer más »